Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2010

O GRANDE CIRCO DA CAMBADA

-

                              Não há trabalho nem pão

                              Há circo e palhaçada

                              Foi montada a encenação

                              Instalou-se a confusão

                              Eis o circo da cambada

-

                              Que invadiu a nossa aldeia

                              E atraíu as nossas gentes

                              Cantou-lhes como a sereia

                              Atirou-lhes aos olhos areia

                              Fazendo deles indigentes

-

                              Como escravos dependentes

                              Desta falsa animação

                              Tornando-os assim ausentes

                              Das realidades presentes

                              Como a fome e a humilhação

-

                              É o circo da tristeza

                              São os palhaços da Nação

                              Que vão acumulando riqueza

                              Á custa de mais e maior pobreza

                              Menos trabalho e menos pão.

-

Pensamentos meus!

-

sózinho não és nada, juntos temos o mundo na mão!

publicado por POESIA-NO-POPULAR às 19:27
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De fernando samuel a 4 de Fevereiro de 2010 às 17:09
Poesia no popular é isto mesmo!

Um abraço grande.


De jrd a 4 de Fevereiro de 2010 às 22:37
Com todo o respeito pelos Palhaços, basta de palhaços ricos a viver à custa dos palhaços pobres.
Abraço


De São Banza a 6 de Fevereiro de 2010 às 02:23
Isto já nem a circo chega, sabes?

Um bom fim de semana, companheiro


De duartenovale a 8 de Fevereiro de 2010 às 18:35
e se soltassemos as feras?
abraço camarada


De Lena a 9 de Fevereiro de 2010 às 22:56
E muitos continuam a acreditar neles...
isso é o pior desta triste realidade.

Beijos


De o puma a 10 de Fevereiro de 2010 às 16:06

O que me doi

é que são eleitos

Abraço



De Utopia das Palavras a 10 de Fevereiro de 2010 às 21:55
O circo só continua
se nos olhos tivermos venda
Pôr os palhaços na rua
Não era uma boa prenda?

Enquanto isso vamos sensibilizando os espectadores!!!

Beijo



Comentar post

."MAIS SOBRE MIM"

.pesquisar

 

.Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28


."POSTS RECENTES"

. QUEM TE VIU PORTUGAL!

. COM ABRIL NO PENSAMENTO

. OS POLÍTICOS

. VAMOS MONDAR ABRIL!!!!!!

. OS ALGOZES EM DELÍRIO.

. É URGENTISSIMO.

. A "CARIDADEZINHA"

. ACORDAI POVO!

. CAMINHOS ENVIESADOS

. CHOVEU NO FORMIGUEIRO

. ...

. "TEU SORRISO UM POEMA"

. HOJE COMO ONTEM!

. QUEM É... QUE CONTINUA A ...

. PARABENS CRAVO DE ABRI...

. SÁBADO 1 DE OUTUBRO

. DEMOCRACIA SEM ADJECTIVOS

. QUE MAIS TERÁ DE ACONTECE...

. FESTA DO ÁVANTE 2011

. "NÃO HÁ FESTA COMO ESTA2

. O TEMPO É DE LUTA!

. É URGENTE!

. SERÃO PRECISAS, AS PALAVR...

. JUNHO DE MÁ MEMÓRIA!

. COMO EU OS VEJO!

. ERA MAIO COM CHEIRO DE AB...

. DIA 29, CONTRA OS TIRANOS...

. A MINHA PRIMAVERA

. A BATOTA CONTINUA!

. PARABENS PCP

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. DVD de ALFREDO MARCENEIR...

."LINKS"

blogs SAPO

.subscrever feeds