Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

"SE EU SOUBESSE"

-

            Áh se eu soubesse

            Que tu ías aparecer-me

            Se essa certeza eu tivesse

            Nem sabes como me apetece

            Que isso volte a acontecer-me

-

            Áh se eu soubesse

            Onde encontrar-te agora

            P,lo teu soriso meigo e doce

            Ainda que muito longe fosse

            Eu partiria sem demora

-

            Mando recados pelo vento

            Que não me ouve ou esquece

            Não me sais do pensamento

            Grito o teu nome a cada momento

            Áh se eu soubesse.

-

                     Josémanangão

 

publicado por POESIA-NO-POPULAR às 19:10
link do post | comentar | favorito
|
17 comentários:
De maria a 5 de Dezembro de 2008 às 19:50
Ai que isso está mal, Camarada....
Vai à procura, com uma bússula ou um GPS...
hehehehehe
(desculpa, apeteceu-me brincar...)

:)))
Gostei do teu poema.

Um beijo


De POESIA-NO-POPULAR a 6 de Dezembro de 2008 às 15:39
Maria
O amor, já nos obriga a fazer, tantas figuras ridículas, e tu ainda queres acrescentar-lhe mais a bússula e o GPS?
Estou a ver que ainda és, pior do que eu!
Bjo amiga


De Utopia das Palavras a 6 de Dezembro de 2008 às 00:51
Soubera eu encontrar
O sorriso que tu procuras
Mil voltas ao mundo ia dar
Só para conseguir encontrar
A fonte das tuas loucuras!

Gostei muito deste teu poema
Beijo, amigo


De POESIA-NO-POPULAR a 6 de Dezembro de 2008 às 15:33
Ausenda

Tú és amiga...Eu sei,
agradeço-te Obrigado!
O sorriso doce encontrei
Há quqrenta anos que o guardei
Bem fechado a cadeado.

bjo poetisa.


De fernando samuel a 6 de Dezembro de 2008 às 14:04
Bonito - e triste...


Um abraço.


De POESIA-NO-POPULAR a 6 de Dezembro de 2008 às 15:41
F.Samuel
Só é triste até encontrar, mas já encontrei!
Abraço amigo


De Zorze a 6 de Dezembro de 2008 às 23:09
Está aí um cheirinho de espiritualidade?
De algo que nos transcende e não conseguimos provar?

Amigo, aos poucos também começas a jogar o mesmo jogo que eu. Aquele que nos transcende e ao mesmo tempo é a nossa essência.

Abraço,
Zorze


De POESIA-NO-POPULAR a 7 de Dezembro de 2008 às 10:58
Zorze
"Tudo o que somos,é o resultado dos nossos pensamentos", a imaginação é tudo!
Abraço companheiro


De Ana Camarra a 7 de Dezembro de 2008 às 00:00
Por vezes é assim procuramos aquilo que está ali debaixo do nosso nariz, outras deixamos de procurar convencidos que nunca o encontraremos, aparece quando menos se espera!

Um beijo (na careca)


De POESIA-NO-POPULAR a 7 de Dezembro de 2008 às 11:02
Olá Ana
É verdade amiga, basta parar para pensar um pouquinho, a ultima fronteira não é o espaço, mas, a mente.
Bjo camarada


De Ludo Rex a 7 de Dezembro de 2008 às 01:29
Belo momento amigo. Ah se eu soubesse...
Abraços


De POESIA-NO-POPULAR a 7 de Dezembro de 2008 às 11:06
Ludo
O sonho abre a porta da atração, quando não sabemos imagina-mos!
Um abraço grande


De duartenovale a 7 de Dezembro de 2008 às 03:55
recordo
os abraços
que não dei
no cheiro
dos teus braços
meu suor
assim sei
porque sinto
que me sabes...
abraço companheiro


De POESIA-NO-POPULAR a 7 de Dezembro de 2008 às 11:13
Olá companheiro Duarte
A tua prosa é profunda, como a luta que nos anima!
Abraço do tamanho da distância que nos separa, físicamente!


De lena a 7 de Dezembro de 2008 às 10:31
Se eu soubesse...
O amor aparece sempre quando menos se espera...
se ele te apareceu, fico feliz por ti..

Um beijo


De POESIA-NO-POPULAR a 7 de Dezembro de 2008 às 11:18
Olá Lena
Isto deve ser a ternura dos sessenta, só tem perigo, se não estiver-mos preparados.
Será que alguma vez estamos preparados para o Amor?
Bjo amiga


De São Banza a 7 de Dezembro de 2008 às 23:55
Belíssimo poema, meu amigo!!
Lavemos a alma com s tua arte, já que o resto não nos ajuda.
Boa semana.


Comentar post

."MAIS SOBRE MIM"

.pesquisar

 

.Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28


."POSTS RECENTES"

. QUEM TE VIU PORTUGAL!

. COM ABRIL NO PENSAMENTO

. OS POLÍTICOS

. VAMOS MONDAR ABRIL!!!!!!

. OS ALGOZES EM DELÍRIO.

. É URGENTISSIMO.

. A "CARIDADEZINHA"

. ACORDAI POVO!

. CAMINHOS ENVIESADOS

. CHOVEU NO FORMIGUEIRO

. ...

. "TEU SORRISO UM POEMA"

. HOJE COMO ONTEM!

. QUEM É... QUE CONTINUA A ...

. PARABENS CRAVO DE ABRI...

. SÁBADO 1 DE OUTUBRO

. DEMOCRACIA SEM ADJECTIVOS

. QUE MAIS TERÁ DE ACONTECE...

. FESTA DO ÁVANTE 2011

. "NÃO HÁ FESTA COMO ESTA2

. O TEMPO É DE LUTA!

. É URGENTE!

. SERÃO PRECISAS, AS PALAVR...

. JUNHO DE MÁ MEMÓRIA!

. COMO EU OS VEJO!

. ERA MAIO COM CHEIRO DE AB...

. DIA 29, CONTRA OS TIRANOS...

. A MINHA PRIMAVERA

. A BATOTA CONTINUA!

. PARABENS PCP

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. DVD de ALFREDO MARCENEIR...

."LINKS"

blogs SAPO

.subscrever feeds