Quarta-feira, 20 de Agosto de 2008

CAMINHOS DA POESIA

-

                     Os longos caminhos da poesia

                    São caminhos da antiguidade

                    Da noite da luz da astrolatria

                    Da fé da crença e da realidade

-

                    São os caminhos da utopia

                    Do sonho da vida e do amor

                    Dos desejos e da fantasia

                    Do perfume da beleza da côr

-

                    Caminhos de fúria e ansiedade

                    De esperança e de inconstância

                    De busca de paz e de amizade

                    De trabalho de luta e militância

-

                    De exigência, de sentido estético

                    De humor de festa e de magia

                    De Arte de sonho e do profético

                    De tristeza, saudade e nostalgia 

-

                    De loucura de excentricidade

                    De carinho de ternura e alegria 

                    São os caminhos da solidariedade

                    Os longos caminhos da poesia.

-

                     Josémanangão

publicado por POESIA-NO-POPULAR às 18:45
link do post | comentar | favorito
|
25 comentários:
De São Banza a 20 de Agosto de 2008 às 19:40
Gostei, Zé, gostei.
Fica bem.


De São Banza a 20 de Agosto de 2008 às 19:43
No post anteior escerve
Viva ArY!!
Desapareceu, porquê?!
Um abraço.


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Agosto de 2008 às 00:05
São
Desapareceu o viva, vá-se lá saber porquê, o importante é que o ARY vive dentro de nós!
Abraço-te amiga


De fernando samuel a 20 de Agosto de 2008 às 19:53
Longos e belos caminhos da poesia, sem dúvida.

Um abraço, poeta.


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Agosto de 2008 às 00:08
Fernado Samuel
Que seria da nossa vida sem a poesia?
A poesia é:-a cultura e o pão dos pobres!
Abraço amigo


De maria a 20 de Agosto de 2008 às 20:17
São bonitos os teus caminhos da poesia...

Um beijo


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Agosto de 2008 às 00:11
Maria
...Mas os teus não lhe ficam atraz!
Bjos amiga


De Zorze a 20 de Agosto de 2008 às 22:22
Amigo Manangão, bonita poesia.
Acutilante como sempre.

Abraço,
Zorze


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Agosto de 2008 às 00:14
zorze
Obrigado amigo, é preciso adoçar a vida, porque isto está péssimo.
Abraço amigo


De Utopia das Palavras a 20 de Agosto de 2008 às 23:24
Lindos estes teus versos!
E.....

São também caminhos de dor
Trilhos de paixão e segredos
Poesia sem raça nem cor
Poesia de fome e de medos!

Um beijo, amigo
Ausenda


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Agosto de 2008 às 00:20
Ausenda

Tens razão minha amiga
Tudo está dentro de nós
Poesia tambem é cantiga
Mesmo sem se ter boa voz

bjos amiga


De Samuel a 21 de Agosto de 2008 às 01:15
São estes belos e longos caminhos da poesia que nos dão a força para avançar, mesmo retalhando os pés, ao percorrer os outros...


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Agosto de 2008 às 17:11
Companheiro
Um dia chegará em que os caminhos serão todos de poesia...Acredita!
Abraço
JM


De Justine a 21 de Agosto de 2008 às 16:14
Gostei muito dos teus caminhos da poesia :))


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Agosto de 2008 às 17:31
Amiga`
Obrigado, sabes é para compensar os outros caminhos menos poéticos!


De Ana Camarra a 21 de Agosto de 2008 às 16:18
Os caminhos da poesia são os da vida
Compridos a direito
De repente em curvas e apertos
Solarengos
Sombrios
Doces
Amargos
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Os caminhos da poesia são os da vida <BR>Compridos a direito <BR>De repente em curvas e apertos <BR>Solarengos <BR>Sombrios <BR>Doces <BR>Amargos <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Acompasnhados</A> , sempre bom <BR>Sós....nem por isso <BR><BR>beijocas


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Agosto de 2008 às 17:35
Ana
Que se passa com a tua máquina ? começou tão bem e acabou tão mal?
Será das férias?
Bjos amiga
JM


De jrd a 21 de Agosto de 2008 às 18:59
São todos esses caminhos e, sobretudo, os teus, Poeta!


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Agosto de 2008 às 19:09
Pois é, Amigo
Caminhos não faltam, é só uma questão de escolha!
Obrigado, um abraço
JM


Comentar post

."MAIS SOBRE MIM"

.pesquisar

 

.Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28


."POSTS RECENTES"

. QUEM TE VIU PORTUGAL!

. COM ABRIL NO PENSAMENTO

. OS POLÍTICOS

. VAMOS MONDAR ABRIL!!!!!!

. OS ALGOZES EM DELÍRIO.

. É URGENTISSIMO.

. A "CARIDADEZINHA"

. ACORDAI POVO!

. CAMINHOS ENVIESADOS

. CHOVEU NO FORMIGUEIRO

. ...

. "TEU SORRISO UM POEMA"

. HOJE COMO ONTEM!

. QUEM É... QUE CONTINUA A ...

. PARABENS CRAVO DE ABRI...

. SÁBADO 1 DE OUTUBRO

. DEMOCRACIA SEM ADJECTIVOS

. QUE MAIS TERÁ DE ACONTECE...

. FESTA DO ÁVANTE 2011

. "NÃO HÁ FESTA COMO ESTA2

. O TEMPO É DE LUTA!

. É URGENTE!

. SERÃO PRECISAS, AS PALAVR...

. JUNHO DE MÁ MEMÓRIA!

. COMO EU OS VEJO!

. ERA MAIO COM CHEIRO DE AB...

. DIA 29, CONTRA OS TIRANOS...

. A MINHA PRIMAVERA

. A BATOTA CONTINUA!

. PARABENS PCP

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. DVD de ALFREDO MARCENEIR...

."LINKS"

blogs SAPO

.subscrever feeds