Quarta-feira, 6 de Agosto de 2008

" SERRA DA ARRÁBIDA"

-                      Serra da Arrábida a grande jóia

                   Beijada pelas águas do rio "Sado"

                   Defronte, a Peninsula de "Tróia

                   A cidade de Setúbal, vive a seu lado

-

                   Tem no seu ventre um convento

                    Cercado por luxuriante vegetação

                    Não fora essa doença do cimento

                    A Natureza cumpriria sua função

-

                    As escarpadas afiadas pelo tempo

                    Suas grutas, ainda por desvendar

                    Sua beleza, acaríciada pelo vento

-

                    Os mirantes, onde vamos admirar

                    Ao seu redor e em cada momento

                    O infinito, onde o céu, abraça o mar

-

                    Josémanangão

publicado por POESIA-NO-POPULAR às 14:01
link do post | comentar | favorito
|
27 comentários:
De mugabe a 6 de Agosto de 2008 às 14:35

Camarada Zé,...bonita a tua homenagem à Arrábida,...e bem merecida...Abraço!!

Nota: (detesto dizer PS) só tenho pena que não vás ao meu blog deixar lá a tua valiosa palavra !!!


De POESIA-NO-POPULAR a 6 de Agosto de 2008 às 19:47
mugabe
Obrigado amigo pelas tuas palavras!
Podes dizer Ps desde que ponhas à frente (salvo seja)
Agora desfaz-me uma dúvida:- qual o titulo do teu blog, é que clicando em "mugabe" não chego lá, amigo.


De Delfim a 6 de Agosto de 2008 às 15:15
É bom viver esta " Poesia no Popular"


De POESIA-NO-POPULAR a 6 de Agosto de 2008 às 19:51
Delfim
Obrigado pela simpatia, logo baterei à porta do seu bau de poemas.
Abraço amigo
JM


De Ana Camarra a 6 de Agosto de 2008 às 15:35
A Arrabida é que me fazia falta AGORA...
Estou mesmo embaixo de forma...

beijocas


De POESIA-NO-POPULAR a 6 de Agosto de 2008 às 19:58
Ana
A Arrábida é nossa podes usar e abusar; olha agora tenho saído daquí (Cabanas) ás 16,30h, mais as minhas netas e chego a casa ás 20h.
É uma hora boa pois tenho sempre lugares, não preciso deixar o carro muito longe.
Desculpa estou a fazer-te pirraça, se podesses tambem ías.
Beijão amiga
JM


De fernando samuel a 6 de Agosto de 2008 às 15:48
Versos bonitos para uma Serra-Mãe de encantamento...
Parabéns.
Um abraço.


De POESIA-NO-POPULAR a 6 de Agosto de 2008 às 20:01
Fernando Samuel
Obrigado, daquí a pouco vizitarte-ei, para me actualizar.
Abração
JM


De maria a 6 de Agosto de 2008 às 16:26
Agoras és tu que me fazes uma invejazinha pequenina...
É linda a tua serra, é lindo o teu mar...

Beijos


De POESIA-NO-POPULAR a 6 de Agosto de 2008 às 20:10
Maria
Quem não tem uma invejinha do que é bom?
Temos todos! Só que uns são mentirosos, e outros não.
É tão bom ver, como recordar, não achas?
Bjos
JM


De MPS a 6 de Agosto de 2008 às 18:29
Caro Manangão

Passei tantos e tão bons momentos naquele Conventinho! Ele era o centro das minhas deambulações pela Serra. O Conventinho é o único lugar do mundo onde é com prazer que acordo de madrugada para ver o Sol erguer-se. Não conheço, como ali!

Já vê que o seu belo soneto me comoveu e trouxe muito gratas memórias.

Um abraço e boas férias


De POESIA-NO-POPULAR a 6 de Agosto de 2008 às 20:30
Amiga MPS
Já tive a oportunidade de o vizitar por três vezes!
A "Fundação Oriente " é (salvo melhor opinião), a proprietária, é sempre necessário fazer marcação pelo telefone, está recordada daquele corredor com fescos, como eu tenho uma pintura que representa o São Gerónimo, um dos doutores da igreja, fui certificar-me se era igual ao que lá está na galeria 8parede)...e, não é que é!
Como a minha filha é guia turistica, vizitámos tambem o complexo onde está a sala de conferências os quartos etc.
Felicito-a pelo previlégio, que teve em dormir lá, coisa que comigo penso que nunca irá acontecer.
Agradeço as suas palavras sempre simpáticas.
Um abraço
JM


De mugabe a 6 de Agosto de 2008 às 21:15

Camarada Zé ...o meu blog...é: "A Norte do Equador"

Abraço!


De MPS a 6 de Agosto de 2008 às 22:38
Caro Manangão

Eu dormia lá quando ainda não havia Fundação Oriente, mas o duque de Palmela (o proprietário anterior) tinha a bondade de nos franquear as portas sempre que quiséssemos. Dormiamos no chão das celas e o único luxo era o convívio com a serra e com o mar.
À parte nova unca fui (embora lá tivesse voltado depois de ter sido construída). Não sei porquê, simplesmente não me apetece, parece-me que destoa da simplicidade franciscana.

Lembro-me muito bem do corredor, estreito, baixo e fresco que terminava, em subida, numa fontezinha de água pura e saborosa.

Um abraço


De Lena a 6 de Agosto de 2008 às 21:38
Lindos versos dedicados a um sitio não menos lindo...
parece um paraiso sobre terra.


De POESIA-NO-POPULAR a 6 de Agosto de 2008 às 23:09
Lena
É verdade tenho o previlégio de viver perto deste Paraíso.
Obrigado pelas tuas palavras amiga.
JM


De jrd a 7 de Agosto de 2008 às 00:04
Sentes a Serra, como só os poetas a podem sentir.


De POESIA-NO-POPULAR a 7 de Agosto de 2008 às 10:26
jrd
Penso que ainda não conseguí descrevê-la tão bem como a sinto, será que, um dia....
Obrigado pelas tuas palavras!
Um abraço
Jm


De Utopia das Palavras a 7 de Agosto de 2008 às 10:07
Arrábida, nosso esplendor
Dos amores, é o primeiro
Defendamo-la com fervor
Queremos sempre ter o seu cheiro.

Um abraço, amigo
Ausenda


De POESIA-NO-POPULAR a 7 de Agosto de 2008 às 10:44
Ausenda

O seu cheiro e paisagem
Sua flora e sua fauna
Pois elas são a imagem
Que alimentam nossa alma.

Companheira , com estes nossos comentários em verso, estamos para aquí a construir um "AUTO QUALQUER"
Um abração para vocês!


De MBeirão a 7 de Agosto de 2008 às 18:19
Postei o teu comentário ao poema sobre a festa do avante no meu blog a seguir ao poema,depois de o fazer é que me apercebi que tinha direitos de autor e que devia primeiro pedir autorização ao autor!!!
assim venho por este meio pedir se pode la ficar como ta!!!
um abraço jose,
fico a espera da autorização!!!


Comentar post

."MAIS SOBRE MIM"

.pesquisar

 

.Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28


."POSTS RECENTES"

. QUEM TE VIU PORTUGAL!

. COM ABRIL NO PENSAMENTO

. OS POLÍTICOS

. VAMOS MONDAR ABRIL!!!!!!

. OS ALGOZES EM DELÍRIO.

. É URGENTISSIMO.

. A "CARIDADEZINHA"

. ACORDAI POVO!

. CAMINHOS ENVIESADOS

. CHOVEU NO FORMIGUEIRO

. ...

. "TEU SORRISO UM POEMA"

. HOJE COMO ONTEM!

. QUEM É... QUE CONTINUA A ...

. PARABENS CRAVO DE ABRI...

. SÁBADO 1 DE OUTUBRO

. DEMOCRACIA SEM ADJECTIVOS

. QUE MAIS TERÁ DE ACONTECE...

. FESTA DO ÁVANTE 2011

. "NÃO HÁ FESTA COMO ESTA2

. O TEMPO É DE LUTA!

. É URGENTE!

. SERÃO PRECISAS, AS PALAVR...

. JUNHO DE MÁ MEMÓRIA!

. COMO EU OS VEJO!

. ERA MAIO COM CHEIRO DE AB...

. DIA 29, CONTRA OS TIRANOS...

. A MINHA PRIMAVERA

. A BATOTA CONTINUA!

. PARABENS PCP

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. DVD de ALFREDO MARCENEIR...

."LINKS"

blogs SAPO

.subscrever feeds