Quarta-feira, 30 de Julho de 2008

"SERRA DA ARRÁBIDA"

-

                    Inundou-me a tua beleza

                    Inebriei-me com teus odores

                    Quando subi ao teu cume

                    -apresionou-me o teu silêncio

                    Parti à tua descoberta

                    Percorri teu corpo pelos trilhos

                    -senti o teu encanto

                    Partilhei da tua solidão

                    E na despedida, contemplando-te

                    -demoradamente, e em silêncio

                    Ouvi tua voz

                    No cantar dum rouxinol

                    Apenas esbocei um sorriso

                    -de gratidão

-

Foto do Google, poesia Josémanangão

 

publicado por POESIA-NO-POPULAR às 11:07
link do post | comentar | favorito
|
21 comentários:
De jrd a 30 de Julho de 2008 às 12:54
Do amor telúrico.
Lindo!
Um abraço


De POESIA-NO-POPULAR a 30 de Julho de 2008 às 14:04
jrd
O homem e a Natureza, a eterna dependência!
Obrigado amigo pelas tuas palavras.
Abraço


De Ana Camarra a 30 de Julho de 2008 às 13:05
A serra mãe de Sebastião da Gama ainda é um pedaço de paraíso apesar da secil , das Pedreiras e dos incêndios.
É o meu reduto de paz, e calma.
È a água do mar com a cor mais linda do mundo.
Segundo a minha mãe fui lá fabricada, deve ser por isso, as cigarras cantam melhor, passam rapositas , há medronheiros bravios, cheiro de mar e de serra.
Sempre que estou muito bem ou muito mal tenho de lá ir...
Quando o meu pai morreu foi para ali que fui tentar descarregar a minha dor, não consegui, claro....
Mas dá-me sempre paz, foi sitio de amores, de zangas, de carinhos, de chatices, onde aprendi a nadar...
É uma maravilha...


beijão


De POESIA-NO-POPULAR a 30 de Julho de 2008 às 14:11
Ana
É tudo isso que dizes, e o que mais, de bom possamos sonhar, gostei do teu pormenor das cigarras, vejo que a Serra Mãe tambem é a tua paixão.
Obrigado amiga pela tua narração!
Beijão
JM


De Utopia das Palavras a 30 de Julho de 2008 às 15:21
Também eu fui inundada
Magnífica a sua altivez
De uma beleza exaltada
E o rio correndo aos seus pés!

Um abraço
Ausenda


De POESIA-NO-POPULAR a 30 de Julho de 2008 às 20:05
Ausenda
Quem não fica deslumbrado,
-ao ver tão rara paisagem?
Debruçada sobre o "Sado
Que lhe preta vassalagem.

Obrigado pela tua prendinha poética
Abraço
JM


De Crixus a 30 de Julho de 2008 às 20:56
A Serra da Arrabida é um dos maiores tesouros da nossa peninsula de Setubal e do país. Pena que nem todos percebam isso. Um abraço


De POESIA-NO-POPULAR a 30 de Julho de 2008 às 21:38
É verdade camarada!
Nem todos percebem a riqueza que ali está, pois se percebessem defendiam-na com"unhas e dentes",mas...
Abraço
JM


De mugabe a 30 de Julho de 2008 às 22:58

Que belos poemas, cheios de sentimento, parabens camarada Zé !


De POESIA-NO-POPULAR a 30 de Julho de 2008 às 23:08
Camarada mugabe
E´o amor pela Natureza, obrigado pelas tuas palavras.
Abração
JM


De Zorze a 30 de Julho de 2008 às 23:06
Meu amigo, parabéns por trazeres até aqui a Serra da Arrábida e logo com um belíssimo poema.
Ainda ontem estive no Portinho da Arrábida, almocei lá e estive na praia até o Sol se esconder atrás da Serra. Pena é que as férias estão-se a acabar e para a semana volto para a labuta.
A Serra da Arrábida tem muita energia devido à sua geologia. Pode-se dizer que é quase mágica.

Abraço,
Zorze


De POESIA-NO-POPULAR a 30 de Julho de 2008 às 23:12
Zorze
Não fora aquela doença do cimento - e estava ali o Paraíso.Amanhã lá vou até Galapos com as minhas netinhas,elas adoram.
Amigo continuação de boas férias e obrigado pelas palavras simpáticas.
Um abração


De justine a 30 de Julho de 2008 às 23:22
A Serra-Mãe é um encantamento! Já assim cantou Sebastião da Gama.


De POESIA-NO-POPULAR a 30 de Julho de 2008 às 23:33
Justine
Que a vê todos os dias como eu, já lhe chama como eu a minnha "Serra"
AbraçoJM


De MBeirão a 31 de Julho de 2008 às 00:35
Simplesmente NATUREZA!!!
Não a destruam por favor,
precisamos de beber seu ar puro e comer sua beleza.
Não precisamos de arvores de betão mas sim espaços verdes, águas cristalinas e cantares á desgarrada dos passarinhos.
Bem haja camarada JoséManagão


De POESIA-NO-POPULAR a 31 de Julho de 2008 às 11:12
Olá camarada Miguel
Tens toda a razão no que afirmas, é preciso sentir que esta riqueza é do povo e cabe ao povo defendê-la e preservá-la.
Obrigado pelas tuas palavras
Um abração


De MBeirão a 31 de Julho de 2008 às 12:46
vou sair do contexto para te fazer uma pergunta,
vais a Festa do Avante?
Era interessante conhecermos pessoalmente.
um abraço


De POESIA-NO-POPULAR a 31 de Julho de 2008 às 13:56
Camarada Miguel Beirão
Nunca faltei a nenhuma FESTA, ttrabalhei na 1ª que foi na FIL, no Alto da Ajuda e duas vezes na Atalaia, ajudei `a sua construção, e já tenho a ÉPs para este ano, só espero manter-me vivo até lá.
Era não ! Vai ser bom conhecermo-nos pessoalmente, e isso vai acontecer, por email podemos trocar o numero de telemóvel, uma vez cumprida essa formalidade tudo estará simplificado.
uma pergunta :não tens micro no computador?
É que já mais de uma vez te dei um toque mas, não obtive resposta
Abraço


De MBeirão a 31 de Julho de 2008 às 17:36
Não sou do tempo da FIL mas ja la vou ha muitos anos.
Infelizmente não tenho micro mas ja tentei falar ctg no messenger por escrita mas tambem não obtive resposta!!!loool
Sobre o chegares lá vais chegar com certeza não só a esta mas a muitas mais, são os meus votos.
Vou te mandar meu nr de tel por mail,
um Abraço


De fernando samuel a 31 de Julho de 2008 às 16:53
Bonita homenagem à Serra-Mãe!

Um abraço.


De POESIA-NO-POPULAR a 31 de Julho de 2008 às 17:04
Fernando Samuel
Temos de lutar contra a coinceneração de residuos tóxicos, temos de estar atentos e vegilantes, já bastava o cimento!
Abraço


Comentar post

."MAIS SOBRE MIM"

.pesquisar

 

.Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28


."POSTS RECENTES"

. QUEM TE VIU PORTUGAL!

. COM ABRIL NO PENSAMENTO

. OS POLÍTICOS

. VAMOS MONDAR ABRIL!!!!!!

. OS ALGOZES EM DELÍRIO.

. É URGENTISSIMO.

. A "CARIDADEZINHA"

. ACORDAI POVO!

. CAMINHOS ENVIESADOS

. CHOVEU NO FORMIGUEIRO

. ...

. "TEU SORRISO UM POEMA"

. HOJE COMO ONTEM!

. QUEM É... QUE CONTINUA A ...

. PARABENS CRAVO DE ABRI...

. SÁBADO 1 DE OUTUBRO

. DEMOCRACIA SEM ADJECTIVOS

. QUE MAIS TERÁ DE ACONTECE...

. FESTA DO ÁVANTE 2011

. "NÃO HÁ FESTA COMO ESTA2

. O TEMPO É DE LUTA!

. É URGENTE!

. SERÃO PRECISAS, AS PALAVR...

. JUNHO DE MÁ MEMÓRIA!

. COMO EU OS VEJO!

. ERA MAIO COM CHEIRO DE AB...

. DIA 29, CONTRA OS TIRANOS...

. A MINHA PRIMAVERA

. A BATOTA CONTINUA!

. PARABENS PCP

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. DVD de ALFREDO MARCENEIR...

."LINKS"

blogs SAPO

.subscrever feeds