Segunda-feira, 21 de Julho de 2008

"OS BOOMERANGS"

-

          O Mundo move-se por falsos critérios

          Desajustados e afastados da realidade

          Criando assim, problemas muito sérios

          Com que hoje se debate a humanidade

          Com uma visão, economicista da vida 

          Fazendo do homem um simples produto

          Ignorando sempre a realidade à partida

          Concentrando-se apenas no que é o lucro

-                                      *

          Intruídos para serem mero instrumento

          Robotizados, para requintada exploração

          Moldados e preparados com o pensamento

          Fixo nas regras impostas pela ambição

          Vivem e pensam; - só lucrativamente

          Escolhidos e pagos, apenas para "sugar"

          Surripilham,as mais valias, abusivamente

          A regra é, globalizar para mais explorar

-                                          *

          O Governo está infiltrado e manietado

          Um ministro donde veio? para onde vai?

          Quando enfim - terminar o seu mandato

          Será que é; - a solidariedade que o atrai?

          Solidariedade com o povo; - é para esquecer

          A que lhe interessa, é a do grande capital

          Que o aceita de retorno com todo o prazer

          Para continuídade da exploração global

-                                                              *

          Quem estiver atento, fácilmente desmonta

          Esta trama, bem urdida e orquestrada

          Que os distraídos,e os que fazem de "conta"

          Desconhecem por conveniência disfarçada

          Desconhecer; - -é coisa muito diferente

          De saber -  e ser pelo egoísmo, tentado

          Pelas promessas que lhes fazem docemente

          Os que dão tudo,  menos  um justo "ordenado"

-                                           *

          O voto é arma e força da democracia

          Secreto, mas de valor menos igual

          Na contagem todos têm a mesma valia

          Mas, no conteúdo, reside o seu valor real

          Contra a astúcia, e a força do grande capital

          É preciso, dar à luta, um sentido novo

          O momento de fazer a "cruzinha" é crucial

          Para avaliar, a força e o querer dum povo.

-   

          Josémanangão

         

 

publicado por POESIA-NO-POPULAR às 15:57
link do post | comentar | favorito
|
32 comentários:
De Zorze a 21 de Julho de 2008 às 21:54
Excelente a pontaria meu caro Manangão. É isso mesmo.
O grande problema é que a robotização já atingiu níveis alarmantes. Tem que se insistir cada vez mais em gestações mentais.

Abraço,
Zorze


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Julho de 2008 às 23:05
Amigo Zorze
Só denunciando e lutando se faz caminho!
Tens razão amigo, a besta é enorme, temos de usar, a inteligência pata lhe fazer frente!
Abraço


De fernando samuel a 21 de Julho de 2008 às 22:09
Boa exposição em verso...

(não tenho conseguido fazer-te chegar os meus comentários; não sei o que se passa; vamos lá ver se é desta...)

Abraço amigo.


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Julho de 2008 às 23:07
F. Samuel
Todas as formas de luta são válidas para enfrentar-mos esta praga ultra.liberalizadora!
Grande abraço


De mugabe a 21 de Julho de 2008 às 22:49

Camarada Manangão; excelente poesia mesmo na mouche !!!!

Permita-me que o aconselhe a ler o blog do nosso camarada Sensei, onde vem a exposição do camarad Miguel Urbano Rodrigues no Forum de Florianópolis no Brasil,..onde faz uma descrição impressionante do fascismo Norte-Americano no mundo. Abraço!


De POESIA-NO-POPULAR a 21 de Julho de 2008 às 23:14
Camarada Mugabe
Sê bem-vindo a este nosso canto, obrigado pelas palavras:
Sobre o post do Sensei já lá estive mas como é muito grande guardei para o serão: - quem não gostará de ler Miguel Urbano Rodrigues?
Obrigado pela "dica"
Um grande abraço


De São Banza a 22 de Julho de 2008 às 02:38
Parabéns pelo post, meu caro Zé!
Feliz semana.


De POESIA-NO-POPULAR a 22 de Julho de 2008 às 14:26
São
Obrigado amiga
Uma boa semana, com boas novidades!
Abraço
Jm


De Ana Camarra a 22 de Julho de 2008 às 13:39
Pois á coisas que são assim estão sempre a voltar como as marés .
Mas ainda assim mesmo quando a maré muda há lixo que é arrastado, areia que é lavada e nada fica igual.
esperemos pela maré viva que nos limpe de injustiças e que torne outra vez a nossa praia um bom local

Até sempre camarada


De POESIA-NO-POPULAR a 22 de Julho de 2008 às 14:32
ana
A minha praia e´a mais limpa e mais bonita é "Galapos"vou para lá daquí a pouquinho mais as minhas netas, gostamos de mergulhar ao fim da tarde.
Os bomerangs, vão e voltam para" encher a mula"
Abraço camarada
JM


De jrd a 22 de Julho de 2008 às 14:35
Ah, grande poeta- lutador!
Magnífico!


De POESIA-NO-POPULAR a 22 de Julho de 2008 às 21:55
jrd
Se cada um quizesse lutar um bocadinho, tudo seria mais fácil para todos.
Obrigado pela simpatia
Abraço
JM


De Justine a 22 de Julho de 2008 às 15:28
Mas o voto não chega, não é? É preciso, sempre, a participação na vida social. A democracia participativa, em vez de apenas a representativa...


De POESIA-NO-POPULAR a 22 de Julho de 2008 às 22:00
Justine
É claro que o voto é apenas o início, da democracia , depois é preciso fazêr a democracia todos os dias da nossa vivência.
abraço
JM


De Utopia das Palavras a 22 de Julho de 2008 às 16:51
Olá camarada

É um trabalho que ainda não tá acabado, mas levas já em primeira mão, um excerto como comentário a este post tão pertinente, como tão bem o sabes fazer! Gostei!

Os olhos não têm que ver
A boca não tem que comer
É mais além o caminho
Os olhos têm que matar
A boca não tem que calar
Os falsos sabios não temos que ouvir
A máscara hipocrita tem que cair!

Um abraço
Ausenda


De POESIA-NO-POPULAR a 22 de Julho de 2008 às 22:31
Olá camarada Ausenda

A máscara já vai caindo
Aquí ali e acolá
Os caminhos vão-se abrindo
Os cravos continuam florindo
caminhamos para lá.

Abraços para vós
JM


De maria a 23 de Julho de 2008 às 01:27
Que não nos falte a "pontaria" para acertarmos na cruzinha...
Abraço, Camarada


De POESIA-NO-POPULAR a 23 de Julho de 2008 às 15:08
Maria
Nós não somos o problema, mas sim a solução
Bjo
Jm


De Samuel a 24 de Julho de 2008 às 00:59
Belos versos, José!

Abraço


De POESIA-NO-POPULAR a 24 de Julho de 2008 às 19:10
Desgraçados versos, que só descrevem coisas ruins, quem dera poder sentir que estão desatualizados.
abraço, companheiro!


Comentar post

."MAIS SOBRE MIM"

.pesquisar

 

.Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28


."POSTS RECENTES"

. QUEM TE VIU PORTUGAL!

. COM ABRIL NO PENSAMENTO

. OS POLÍTICOS

. VAMOS MONDAR ABRIL!!!!!!

. OS ALGOZES EM DELÍRIO.

. É URGENTISSIMO.

. A "CARIDADEZINHA"

. ACORDAI POVO!

. CAMINHOS ENVIESADOS

. CHOVEU NO FORMIGUEIRO

. ...

. "TEU SORRISO UM POEMA"

. HOJE COMO ONTEM!

. QUEM É... QUE CONTINUA A ...

. PARABENS CRAVO DE ABRI...

. SÁBADO 1 DE OUTUBRO

. DEMOCRACIA SEM ADJECTIVOS

. QUE MAIS TERÁ DE ACONTECE...

. FESTA DO ÁVANTE 2011

. "NÃO HÁ FESTA COMO ESTA2

. O TEMPO É DE LUTA!

. É URGENTE!

. SERÃO PRECISAS, AS PALAVR...

. JUNHO DE MÁ MEMÓRIA!

. COMO EU OS VEJO!

. ERA MAIO COM CHEIRO DE AB...

. DIA 29, CONTRA OS TIRANOS...

. A MINHA PRIMAVERA

. A BATOTA CONTINUA!

. PARABENS PCP

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. DVD de ALFREDO MARCENEIR...

."LINKS"

blogs SAPO

.subscrever feeds